26 de abril de 2007

A libertação do corpo e da alma




A música e o corpo: a perfeita fusão. Dançar ao sabor do som envolvente. Fechar os olhos, deixar-me levar... Nada mais existe para além da música e do meu corpo que a acompanha. E danço, danço até à exaustão em passos que só eu compreendo. Danço para me libertar de tudo. Há quem corra, há quem grite, há quem chore, há quem bata nos outros, eu danço...

1 comentário:

Smiling disse...

tudo ao som desta música tem outro sabor. É lindaaa!