24 de abril de 2009

Japão

Um paraíso. Um sonho...












Quero muito vivê-lo.

23 de abril de 2009

Parabéns Viana!

Viana do Castelo assume-se como cidade anti-touradas. Um exemplo a seguir em Portugal.

Sou a favor da preservação das tradições e da exaltação do nosso País. Mas há tradições que não fazem qualquer sentido! O mundo evoluiu, EVOLUAM também!

Ou também são a favor dos autos-de-fé? Eram uma festa, uma tradição...

22 de abril de 2009

I fear

Não sou nada.
Nunca serei nada.
Não posso querer ser nada.
À parte isso, tenho em mim todos os sonhos do mundo.

in Tabacaria, Álvaro de Campos


Pacific To Pacific - Outlandish

Acorda!




Não é preciso tanta inspiração. Nesta questão, o lema "tudo ou nada" não entra.
Se não queres entrar em acções radicais, não entres. Mas cumpre, pelo menos, o dever de qualquer cidadão. Respeita a Terra da melhor forma que conseguires.

Se todos o fizessem seria tudo tão melhor...

Muitos já o fazem. O lema "Mais um, menos um não faz diferença" também não faz sentido aqui.

Inspira-te. Nem que seja só um bocadinho.

Todo o Mundo agradece...

16 de abril de 2009

Estupidamente hilariante

Não-alinhados, pois claro!

Estes Senhores sabem muito. Isto, sem sequer referir a genialidade com que deram vida a Bruno Aleixo, esse outro grande Senhor, que hoje tem vida própria.



Mais virá...

12 de abril de 2009

É bom ser português

Assim é bom ser português.



Anúncio simplesmente delicioso.

Como o nosso país.

Amem-no mais e queixem-se menos.

9 de abril de 2009

Piolho no Coração

O Piolho tem muitas cores. Aliás, o Piolho tem todas as cores! O Piolho reúne muitas almas... Aliás, o Piolho tem alma!

Junta toda a gente. Betos, Freaks, Góticos, Dreads, Neards, Punks... De uma forma bem mais natural que o Sumol.
No Piolho, somos todos iguais.

No velhinho Piolho, tudo pode acontecer.

8 de abril de 2009

Fernando Pessoa... segundo O Chato!

3 de abril de 2009

Chuva de Inverno

Os dias passam e eu já não sei o que sinto. Uns invadem-me de felicidade e vontade de viver. Outros, como este, fazem com que acredite que nada pode correr pior. Ser invadida por raiva e desprezo, não conseguir olhar quem me magoa nos olhos, faz-me sentir mesquinha. Mas é uma mesquinhez de que não posso fugir...
Andar nas ruas do Porto, às vezes, parece maravilhoso. Mas, quando a chuva cai, a cidade fica cinzenta. As pessoas, que nos outros dias me encantam por serem diferentes, nestes, parecem indiferentes.
Sinto falta do calor do Lar. Sinto falta de me sentir pequena. Quero ver a preocupação no rosto de quem amo. Ser forte cansa e, por vezes, magoa. As fortalezas só se notam quando caem. Mas quando caem já vão causar tragédias...
Conservo um grito preso algures dentro de mim. Tento esquecê-lo, mas, em dias como este, ele tenta soltar-se. Às vezes sonho e quase que o abafo. Às vezes deixo que ele cresça e quase que desisto. Esta luta contínua deixa-me exausta. Nem o sono me descansa. Às vezes a fortaleza quer cair para dar lugar a uma nova paisagem.
Ai, as ruas da minha terra! O alento que sai do frio do ar direitinho ao meu coração, só lá o encontro. Os rostos conhecidos. O isolamento do mundo e da sua dura realidade. Quero a força, quero a garra que eu tinha quando o meu Lar era lá. Onde me contrariavam a vontade e ela crescia. Aqui, ela adoeceu. Porquê? Por que é que és tão feio em dias de chuva, ó Porto? Por que me deixas assim? Fazes-me sentir sozinha. E pequena, mas de uma forma insignificante...

Inverno 08/09

1 de abril de 2009

Agora e Para Sempre

É antiga. É badalada e foi banalizada.

Mas é uma boa música, de um bom grupo que,apesar de agora estar mais comercial (infelizmente), admiro. Sabem o que fazem e fazem-no bem...

Ao ouvir esta, eu sorrio. Revejo-me. E acredito... : )



Agora e para sempre (A paixao) - Da Weasel

Mais um pedido de desculpas...


É lamentável ter de fazer isto outra vez, mas, para aqueles que visitam, ou melhor, visitavam o meu blog, o meu pedido de desculpas...

Já passou quase um ano e nem um pequeno post. Sim, eu sei, é vergonhoso.

Mas sabem que mais? Voltei! : )

Sou o vosso filho pródigo....